Archive for the ‘Gramática Online’ Category

4dezembro2013

Classes de palavras: substantivos

Sobre os substantivos, Clarice Francisco de Paula, Maria Júlia Costa da Silva, Nelma Rodrigues Rocha Lopes e Rosicléia dos Santos Amorim construíram o material didático a seguir. Esperamos que seja útil!

 

Posted by admin under: Gramática Online; Material Didático Morfossintaxe; Texto Livre.

0 

4dezembro2013

Tipos de sujeitos da oração

Segue mais um material didático, sobre tipos de sujeitos da oração. Agradecemos a colaboração de Siene Alves Moreira e Lucilene Eidna Faria, alunas do curso de Letras – Faculdade Iseib-BH.

 

Posted by admin under: Gramática Online; Material Didático Morfossintaxe; Texto Livre.

0 

29novembro2013

Termos Integrantes da Oração

Organizado por Marina da Silva Vieira, Sônia Mariano Rodrigues de Campos e Suellen de Carvalho Silva Seixas, da Faculdade de Letras – Iseib-BH, temos aqui mais um material didático sobre Termos integrantes da oração. Esperamos que seja útil!

 

Posted by admin under: Gramática Online; Material Didático Morfossintaxe; Texto Livre.

0 

26novembro2013

Classes de palavras: advérbios

Segue mais um post com material didático produzido pelos alunos de Letras da Faculdade Iseib – BH. Desta vez, a produção colaborativa tem como autoras Andrelina Oliveira, Leticia Prado, Lucia Rita Guimarães e Maryluce Silva.

 

Posted by admin under: Gramática Online; Material Didático Morfossintaxe; Texto Livre.

0 

25novembro2013

Formação de palavras

Segue um trabalho colaborativo de Dayane Flora dos Santos, Nayara Thais Araujo e Viviane Angelica Felipe Ribeiro na disciplina Morfossintaxe do Português I, Faculdade Iseib. O resultado foi um material didático para ensino/aprendizagem do processo de formação de palavras no Português.

 

Posted by admin under: Gramática Online; Material Didático Morfossintaxe; Texto Livre.

0 

2julho2012

Paralelismos (Roteiro de Redação)

Outro recurso de coesão textual, além dos conectivos, são os paralelismos sintáticos. Eles são construções que se repetem, veiculando novas informações e fazendo com que o texto prossiga de forma clara e coesa. Podem ser construídos através de conjunções ou orações justapostas. Para conhecer os tipos de paralelismos mais frequentes, acesse a apresentação em flash:

 

Posted by karlla under: Gramática Online; Texto Livre.

0 

2julho2012

Conectivos (Roteiro de Redação)

Os conectivos (pronomes, conjunções, advérbios, preposições etc) são termos muito importantes dentro do texto, pois ligam os elementos textuais e, consequentemente, são responsáveis pela coesão.

 

Posted by karlla under: Gramática Online; Texto Livre.

0 

2julho2012

Coesão e Coerência (Roteiro de Redação)

A coesão se refere à ligação entre os elementos (frases, orações, períodos e parágrafos) de um texto. Estes fazem referência entre si e, por isso, são extremamente dependentes. Se conectados, colaborarão para uma unidade textual, já que o texto não é um conjunto isolado, mas sim uma união de termos lexicais (dotados de significante e significado). Uma sentença que não apresenta coesão, provavelmente, terá problemas de coerência.

A coerência diz respeito à unidade semântica do texto. Para que seu texto se torne coerente, é necessário que as unidades lexicais (palavras) se combinem para formar uma unidade de sentido. Um texto pouco coerente não irá transmitir a temática tratada de forma precisa, uma vez que as ideias devem se relacionar. Por isso, normalmente, utiliza-se palavras em um mesmo campo de sentido, pois senão teremos palavras contraditórias entre si e, consequentemente, uma linha de raciocínio será quebrada.

Um exemplo é quando elegemos carro, caminhão, trem e cenoura.

Está claro que “cenoura” não está no mesmo campo semântico de “carro”, “caminhão” e “trem” (veículos de locomoção). Portanto, saber utilizar os conectivos e os recursos de coesão é extremamente necessário para se fazer entender e produzir textos produtivos dentro do PB:

 

Posted by karlla under: Gramática Online; Texto Livre.

0 

28abril2012

Período Composto por Coordenação

No período composto pode ocorrer, entre uma e outra oração, uma relação sintática de independência. Esta independência NÃO é semântica, mas entre os elementos estruturais da frase. Assim,

” Cheirei o perfume das flores, dei um perfume ao meu pai.”

Oração 1- “Cheirei o perfume das flores”

Sujeito: Desinencial “Eu” / Verbo Transitivo Direto: “Cheirar” / Objeto Direto: “O perfume das flores”

Oração 2- “Dei um perfume ao meu pai”

Sujeito: Desinencial “Eu”/ Verbo Transitivo Direto e Indireto: “Dar”/ Objeto Direto: “Um perfume”/ Objeto Indireto: “Ao meu pai”

Assim, ambas orações possuem todos os elementos para se construírem completas. Oração 1 (Sujeito, verbo, objeto direto) e Oração 2 (Sujeito, verbo, objeto direto e indireto). Além disso, elas não possuem uma relação de dependência, de forma que seria possível as encontrarmos em outros contextos, sem que estejam relacionadas entre si:

> “Ontem fui ao jardim e cheirei o perfume das flores.”

> ” Chegue da aula e encontrei minha mãe mais cedo. Ela me perguntou o que eu dei de presente pelo Dia dos Pais e eu respondi: Dei um presente ao meu pai.”

Essas orações são denominas COORDENADAS. Classificam-se em:

i) Aditiva

ii) Alternativa

iii) Adversativa

iv) Conclusiva

v) Explicativa

Para uma melhor compreensão, acessem o material disponível sobre o Período Composto por Coordenação:

PeriodoCompostoPorCoordenacao

Bom Estudo! 🙂

Posted by karlla under: Gramática Online.

0 

12abril2012

Colocação Pronominal

O material sobre sintaxe de colocação/colocação pronominal se referem a posição dos pronomes oblíquos átonos em relação ao verbo.

São os seguintes casos:

a) Pronomes antes do verbo : PRÓCLISE

b) Pronomes no meio do verbo : MESÓCLISE

c) Pronomes depois do verbo: ÊNCLISE

Portanto, os slides evidenciam os casos em que ocorre a próclise, a mesóclise e a ênclise.  A mesóclise já não é mais produtiva no português falado do Brasil, mas apenas em algumas situações formais de escrita.

A sintaxe de colocação é muito importante, também, para melhorarmos nossa maneira de escrever, pois estabelecem algumas regras referentes à posição dos pronomes . Segundo a norma culta, estas normas devem ser respeitadas e seguidas. Assim, em português, seria impossível começar frases com pronomes átonos ou aparecer um caso de próclise depois de uma vírgula.

Para ter acesso clique sobre o link:

http://www.letras.ufmg.br/arquivos/gramaticaonline/teoria/ColocacaoPronominal(Pro

cliseMesocliseEnclise).swf

Bons Estudos!

Posted by karlla under: Gramática Online.

0 

Browse

Calendar

novembro 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Categories

Links