Archive for the ‘Sobre Softwares Educativos Livres’ Category

27agosto2010

Pandorga: linux para educação

Palestra apresentada pelo desenvolvedor Rainer Krüger, às 20h, dia 27/08/2010, no IRC (chat), Freenode, sala #evidosol-1.

A palestra foi promovida pelo curso de especialização em Ensino de Línguas Mediado por Computador (FALE/UFMG), na disciplina sobre software livre, oferecida pela profa. Ana Matte.

[20:14] <Rainer_> boa noite a todos,
[20:14] <acris> Boa noite, pessoal
[20:14] <acris> O Rainer Kruger está aqui para nos falar do linux Pandorga
[20:14] <acris> sua característica educacional e de inclusão
[20:14] <Rainer_> quero primeiro agradecer a oportunidade, fico muito grato a Cris!!!
[20:15] <acris> eu é que agradeço, Rainer_
[20:15] <acris> é um prazer recebê-lo
[20:15] <acris> e divulgar seu trabalho lindo 🙂
[20:15] <Rainer_> 😀
[20:15] <acris> bom, a palavra está contigo, a noite é sua 😀
[20:16] <Rainer_> hehehe, obrigado
[20:16] <acris> quando quiser abrir para o debate, me avise
[20:16] <Rainer_> ok
[20:16] <Rainer_> Vou fazer uma rápida apresentação do Pandorga
[20:16] <Rainer_> e me focar no uso pedagógico dele.
[20:17] <Rainer_> O Pandorga foi criado em 2006 para padronizar os laboratórios de informática
[20:17] <Rainer_> da cidade de Cachoeirinha, na época. eles ja usavam Linux mas sem um contexto educacional
[20:18] <Rainer_> então a proposta era criar uma distribuição padronizada para toda a cidade que contivesse softwares educacionais
[20:18] <acris> Rainer_: desculpa interromper, mas seria bom avisar sobre os slides na pagina www.semiofon.info/chatSlide código FISL11
[20:19] <Rainer_> 🙂
[20:19] <Rainer_> Bom, de lá pra cá o Linux evoluiu consideravelmente assim como o próprio conceito de informática na educação
[20:20] <Rainer_> a idéia é criar um ambiente onde o computador seja mais um recursos pedagógico, assim como o lapis, caderno e etc…
[20:21] <Rainer_> o que eu vejo de “diferente” é este para o uso educacional
[20:21] <Rainer_> Se você verem no 3º slide, Histórico, o ambiente foi evoluindo para se tornar mais lúdico e fácil de usar
[20:22]  * acris -> link direto para os slides: http://www.semiofon.info/chatSlide/VIevidosol/FISL11.swf
[20:23] <Rainer_> na nova versão (que esta sendo finalizada) o foco foi tornar ele acessível
[20:24] <Rainer_> e inserir novos tipos de ferramentas…
[20:25] <Rainer_> conseguimos a acessibilidade para cegos em grande parte dos softwares e também uma ferramenta de acessibilidade motora
[20:25] <Rainer_> agora estamos pensado na questão dos surdos…
[20:25] <acris> 🙂
[20:26] <Rainer_> bom, vamos ao modelo pedagógico, quero me focar mais nesta parte
[20:27] <Rainer_> acredito que a informática na educação ela muda alguns paradigmas para o professor,
[20:27] <Rainer_> afinal, ele deixa de ser o “detentor de conhecimento” para ser o orientador na aprendizagem…
[20:28] <Rainer_> o PAndorga ele é pensado justamente neste modelo.
[20:29] <Rainer_> As atividades e objetos podem ser classificados como : exercícios (pedagogia tradicional), construtivistas e pesquisa
[20:30] <Rainer_> ops, pesquisa e exploração
[20:31] <Rainer_> o que eu quero dizer, existem atividades (como o KMathTest para matemática) em que o aluno vai simplesmente exercitar cálculos ou vocabulário
[20:31] <Rainer_> mas o atrativo é o dinamismo do software, a vontade dele esta em frente ao computador e jogando de forma lúdica
[20:32] <Rainer_> já outros softwares com o JClic (para construir objetos de aprendizagem) ou o Etoy (programação) seguem bem o modelo construtivista onde ele vai criar objetos a partir do seu reciocínio
[20:33] <Rainer_> nós optamos por manter os dois modelos por acreditar que eles se complementam…
[20:33] <Rainer_> e por últimos temos os softwares de pesquisa e exploração de conteúdo como tabela periódica, astronomia e etc…
[20:34] <Rainer_> todas as atividades ficam disponíveis nas áreas dos alunos sem projetos fixos..
[20:35] <Rainer_> a idéia é que o professor/coordenador do laboratório criem suas atividades de acordo com o conteúdo abordado em sala de aula…
[20:35] <Rainer_> mas é preciso do projeto, senão acabamos por nos perder….
[20:36] <Rainer_> o interessante é conectar o conteúdo em sala com o laboratório…
[20:37] <Rainer_> e pelo que vejo, é importante a busca por resultados
[20:38] <Rainer_> ou seja, se o aluno vai ao laboratório ciente de que será realizada uma atividade e que dela será feita uma avaliação, ele para a entender as metas a serem alcançadas…
[20:39] <Rainer_> bom, vamos abrir o debate?
[20:39] <Rainer_> quero saber se querem saber mais sobre o pandorga em sí ou o seu uso…
[20:39] <acris> ok
[20:39] <acris> obrigada, Rainer, vou tirar a moderação
[20:40] <Rainer_> por favor não se acanhem…hehehe
[20:40] <acris> Pessoal, hora de perguntar, comentar, discutir, fiquem à vontade
[20:40] <hugleo> 🙂
[20:40] <acris> eu tenho uma pergunta, pelo menos… mas seria legal alguém começar antes
[20:41] <Dani_Re> Rainer_: na sua opinião, o Pandorga é melhor aproveitado qd as atividades são programadas pelo professor ou um orientador?
[20:41] <Dani_Re> ou qd ele usa sem compromisso?
[20:42] <Rainer_> para o ensino fundamental acredito que o planejamento seja mais adequado
[20:42] <novato_br> É possível ao professor programar um roteiro de atividades o alunos?
[20:42] <Rainer_> mas para o ensino infantil isto é mais subjetivo…
[20:43] <Rainer_> agora uma das vantagens do soft livre é que ele pode (e deve) ser copiado, ou seja, o Pandorga é pra ser levado pra casa, e aí ele é liberado…
[20:44] <Rainer_> novato_br, sim, o planejamento é parecido com o de aula, mas deve incluir os recursos (atividades, jogos, web) e a avaliação.
[20:45] <neorise-rider> Quanto ao metodo de adocao nas escola vc pode explicar um pouc osobre isso?
[20:45] <acris> Rainer_: pelo que voce falou, a ideia para as séries iniciais é que o aluno seja um explorador, é isso? Ele teria independência para fazer o que quisesse? Isso não tornaria a aula mais complicada para o professor?
[20:45] <neorise-rider> *escolas
[20:45] <Rainer_> A questão da avaliação é importante, é melhor se for pensada em termos de debate ou contrução de um documento, pois os softwares normalmente não possuem modelos de avaliação consistentes…
[20:45] <acris> ops, responde o neorise-rider primeiro
[20:46] <Rainer_> noise, de forma geral é tranquilo. Basta baixar e instalar…
[20:47] <Rainer_> O que vemos é que o treinamento dos professores é importante, para que eles entendam bem a metodologia e conheçam a ferramenta
[20:47] <Rainer_> é daí que o projeto (e eu) nos matemos.. hehehe
[20:48] <hugleo> As aplicacoes do Pandorga Linux sao mais notadamente observados para alunos no ínicio de sua escolaridade (Ensino infantil) ou tambem para os outros niveis de ensino, podendo verificar ate ensino universitario, mesmo que seja para conhecimento e estudos da funcionalidade da distribuicao para a educacao?
[20:48] <novato_br> Rainer_, o Pandorga está disponível para outros sistemas operacionais além daqueles gnu/linux?
[20:49] <Rainer_> @cris, acho que todas as atividades devem ser programas, mas na educação infantil e nos anos inicias é mais fácil você propor um tema e deixar eles explorarem.
[20:49] <Rainer_> mas o tema é sempre importante, senão vira bagunça….
[20:50] <acris> é mesmo
[20:51] <Thales> Rainer_, primeiro, parabéns pela palestra. Sabemos que, dentro do atual cenário do sistema educacional brasileiro, muitos professores se detém a dar aula utilizando métodos antigos. Com e evolução da tecnologia, isso vem mudando, porém alguns professores, como dito antes, ainda resistem a isso. Então, qual a sua estratégia para quebrar essas barreiras?
[20:51] <Rainer_> hugleo, o Pandorga é projetado para educação infantil e ensino fundamental, pois as atividades são para esta faixa etária.
[20:52] <Rainer_> pouca coisa seria adequada para o ensino médio ou superior. No caso de ser base de estudo, eu tenho recebido comentários de pessoas usando em pesquisas, mas sempre com o foco na educação básica
[20:53] <Rainer_> novato_br, o Pandorga é uma distribuição Linux, então ele é “independente” do Windows ou outros Linux, mas alguns dos programas são compatíveis no Windows…
[20:53] <novato_br> entendo
[20:53] <novato_br> ele eh uma distro
[20:53] <novato_br> soh que num sentido educacional
[20:55] <Rainer_> Thales, eu sempre trabalho na proposta de mostras as vantagens de usar o computador, mostrar que o prfessor vai se tornar um mediador, e assim o aluno vai “precisar” dele.
[20:55] <Rainer_> Noto que esta resistência esta muito acossiada ao medo de perder o controle, mas na prática, se ele se manter nos moldes antigos, aí sim ele vai perder…
[20:56] <Rainer_> exatamente novato_br
[20:57] <Rainer_> eu fico um pouco confuso no irc, perdí alguma pergunta
[20:57] <Rainer_> ?
[20:57] <acris> a do hugleo?
[20:58] <acris> nao, acho que foi tudo respondido
[20:58] <Rainer_> 😀
[20:58] <hugleo> 🙂
[20:58] <acris> Rainer_: a divisão por séries iniciais e finais é bem interessante, mas fico me perguntando se não há momentos em que poder acessar tudo de uma só vez, em especial nas séries de transição, não seria interessante também. Vocês já pensaram nisso?
[20:59] <Rainer_> sinceramente não…
[21:00] <Rainer_> o que mudou na nova versão foi que as séries finais não possui mais os ícones no desktop, ele agora é um ambiente normal com menu e etc… Daí todas as aplicações estão disponíveis….
[21:01] <Rainer_> mudamos pois não cabia muito para eles aquele conceito…
[21:01] <Rainer_> e aí entrou um ambiente para a educação infantil com número restrito de atividades…
[21:01] <Rainer_> e também o ambiente acessível…
[21:01] <acris> mmm, então já está diferente de antes
[21:01] <Rainer_> sim.. 😀
[21:02] <acris> eu tentei acessar a wireless pelo CD na última versao estavel e nao consegui
[21:02] <hugleo> que tipo de atividades voces restringem?
[21:02] <acris> tem alguma dica?
[21:02] <Rainer_> outra grande vantagem do soft livre é a colaboração, a grande maioria dos colaboradores da comunidade são pedagogos e professores… Eles trazem a real necessidade para o sistema…
[21:03] <Rainer_> @acris, isto melhorou muito na nova versão, a base da verão antiga era bem velinha…
[21:03] <acris> entendi
[21:03] <acris> a nova ainda está em testes?
[21:04] <Rainer_> a análise é feita na aplicabilidade de cada série, tipo, não existem atividades de matemática mais complexa ou português no ensino infantil
[21:05] <Rainer_> sim, têm uma versão pra baixar no portal do Software público…
[21:05] <Rainer_> estamos tendo mais trabalho que imaginávamos para deixar tudo direitinho…rs
[21:05] <acris> quem quiser testar, um professor que não conhece linux, por exemplo, teria que tipo de suporte
[21:05] <acris> ?
[21:06] <Rainer_> Aqui esta a discussão sobre a nova versão e o link pra baixar: http://softwarepublico.gov.br/dotlrn/clubs/pandorga/forums/message-view?message_id=20946735
[21:07] <Rainer_> claro, podem mandar email para mim ou usar o fórum da comunidade do Pandorga, no portal do soft público…
[21:08] <Rainer_> aproveito para convidar a todos para participar deste grande mundo…
[21:09] <acris> Com certeza, obrigada pelo convite
[21:09] <acris> alguma pergunta mais?
[21:10] <neorise-rider> eu
[21:10] <Rainer_> se quiserem, entrem na comunidade do Pandorga, SLEducacional ou CLASSE que estamos todos conectados…
[21:10] <acris> diga, neorise-rider
[21:10] <neorise-rider> Como as escolas recebem o projeto de vcs?
[21:10] <novato_br> Rainer_, você acompanha o programa Proinfo do MEC?
[21:11] <neorise-rider> Nops
[21:11] <neorise-rider> link?
[21:12] <Rainer_> elas tanto podem baxar por conta própria e usar o pandorga, quanto nos contatar pra gente prestar este serviço…
[21:12] <Rainer_> link?! pandorgalinux.com.br e maguis.com.br
[21:12] <Rainer_> novato_br, você quer dizer se o pandorga vai junto no proinfo?
[21:12] <neorise-rider> nao do do programa proinfo
[21:13] <neorise-rider> Mas nao ha incentivos para as escolas adotarem?
[21:13] <Rainer_> não
[21:13] <Rainer_> nós não samos ligados ao MEC….
[21:14] <novato_br> entendo
[21:14] <Rainer_> Nós pertencemos ao portal do soft público mas sem nenhum incentivo, é só a questão da comunidade mesmo…
[21:14] <novato_br> pela o que sr. diz achei que você estivesse em contato com os projetos do MEC como o Proinfo
[21:14] <Dani_Re> Rainer_: vc tem muitos colaboradores no desenvolvimento do Pandorga?
[21:15] <Rainer_> não não.. 😀 (e o senhor pegou mal .. hehehehe)
[21:15] <Dani_Re> 😀
[21:15] <acris> 🙂
[21:15] <hugleo> garoto 🙂
[21:15] <Rainer_> Dani, se contar desenvolvedores não, mas temos mitos professores e pedagogos que auxiliam no projeto…
[21:16] <Rainer_> e acho que isto é o mais importante, pode vejo que a efetividade do projeto só pode acontecer se ele estiver sendo direcionado pela necessidade real…
[21:16] <Rainer_> mas a cada dia mais pessoas se interessam em ajudar…
[21:17] <neorise-rider> Quantas escolas sao assistidas hoje pelo pandorga?
[21:18] <Rainer_> Sabemos que todas as regiões do Brasil usa o Pandorga…
[21:19] <Rainer_> mas que eu tenha contato, as escolas da prefeitura de Alvorada, de Guaíra, agora de São Leopoldo e mais algumas particulares aqui no RS, SP, e RJ
[21:19] <Rainer_> no FISL descobrimos que uma grande parte da Bahia usa o Pandorga… 😀
[21:19] <neorise-rider> Publicas?
[21:20] <Rainer_> sim
[21:20] <Rainer_> as escolas públicas são mais fácies de aceitar por já trabalham com Linux, nas particulares normalmente a resistência é maior…
[21:21] <acris> agora tem o centro pedagógico da ufmg querendo usar… 🙂
[21:21] <hugleo> rs
[21:21] <Rainer_> é verdade.. 😀
[21:22] <acris> Rainer_: pergunta técnica: você permite a publicação de sua palestra, primeiro no blog Portugues Livre, depois no wiki do Texto Livre, com licença creative commons?
[21:23] <acris> alguma preferência em relação à licença?
[21:23] <Rainer_> claro!!!
[21:23] <neorise-rider> E quanto aos professores com mais idade, como fica o treinamento e como eles aderem?
[21:23] <neorise-rider> Eles consideram facil?
[21:23] <Rainer_> Creative Commons Brasil By…
[21:24] <acris> vou divulgar a publicação nas nossas listas e na underlinux
[21:24] <acris> no comercial and no derivative?
[21:24] <Rainer_> eles tem mais dificuldade em dominar o computador em sí, mas a questão do uso pedagógico é tranquilo…
[21:25] <Rainer_> não @cris, pode permitir o uso comercial e derivados…
[21:25] <acris> ok 🙂
[21:25] <acris> bom, vamos ficar por aqui?
[21:26] <Dani_Re> sim 🙂
[21:26] <Rainer_> o que influencia muito é a política da escola, se existe uma intensão verdadeira em usar o laboratório como recurso, aí a coisa funciona de verdade…
[21:26] <Rainer_> por mim tudo bem.. 🙂
[21:26] <acris> Rainer_: muito obrigada pela palestra, é muito bom saber mais do Pandorga, em especial sobre o enfoque pedagógico, que geralmente não se comenta
[21:26] <acris> obrigada a todos pela presença,
[21:27] <Rainer_> 😀 Muito obrigado a todos pelo espaço e pela atenção
[21:27] <acris> obrigada ao Texto Livre e à Freenode pelo apoio

Licenciado segundo a Creative Commons

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Based on a work at Texto Livre.

Posted by admin under: Sobre Softwares Educativos Livres.

0 

10maio2010

WebQuest e Mapas Conceituais


Duas dicas interessantes para o ensino são as WebQuests: uma atividade organizada em passos para que se chegue a um produto com base, praticamente, em fontes da internet. Para ver algumas definições de WebQuest, clique aqui.
Para ver mais alguns exemplos dessa metodologia, existem dois sites importantes: WebQuest.org e Escola para o futuro.

Os mapas conceituais são uma ferramenta para organizar o conhecimento de maneira hierárquica, de forma a representá-lo mais dinamicamente. Seu criador foi Novac. Para ver um exemplo, clique aqui.
Se você se interessou em usar a ferramenta, já existe um programa bem prático para a produção do mapa conceitual: é o CmapTools.

Abaixo temos dois exemplos muito interessantes, um de uma WebQuest sobre mapas conceituais e um mapa conceitual sobre WebQuest. Muito bem feitos.

CMapTools sobre WebQuest

WebQuest sobre mapa conceituais

Posted by admin under: Sobre Softwares Educativos Livres.

0 

10maio2010

E agora? Uso ou não a crase?


Esse é o dilema de várias pessoas: “e agora, uso ou não o acento indicador de crase nesta frase?”.
A Profª Drª Ana Cristina Fricke Matte, da faculdade de Letras/UFMG e sua equipe do projeto Texto Livre, conscientes desse problema, criaram o site “Exercício de Crases”.
A Equipe de Didática do Texto Livre está empenhada não apenas nesse projeto, mas também em outros exercícios interativos com o objetivo de resolver problemas pontuais de redação, principalmente dos alunos de graduação.
Basta se dirigir ao endereço acima citado e digitar a frase que lhe gerou dúvida.
A atividade funciona da seguinte maneira: ao digitar sua frase, irão aparecer várias alternativas de outras frases e o você deve identificar se alguma delas tem o sentido que deseja e é aceitável para os falantes da língua.
Esta atividade não tem como resposta o certo ou o errado, e nem tão pouco a regra gramatical correspondente. O objetivo do jogo é provocar reflexão diante das opções e ativar a consciência do significado do acento, que muitos só conhecem pela “decoreba”. Sendo assim, o propósito da Equipe é tornar o escritor ativo e consciente.

Por ser ainda um protótipo, esse exercício não se encontra completo, por isso está na versão Beta (versão de teste). A equipe está estudando a crase para achar bugs no programa. A exemplo de falhas a serem ainda resolvidas nesse projeto são os casos em que o acento indicador de crase é facultativo, ou seja, pode ou não ser usado.
Outro problema é que não há unanimidade entre as gramáticas sobre como tratar a crase. Elas se divergem muito quanto às regras gramaticais. E por falar nesse assunto, é importante ressaltar que esse fato traz à tona uma questão fundamental para a gramática tradicional: se não existe uma gramática que dê conta de tudo, que seja unânime, como podemos falar em gramática tradicional? O que seria, então, tradicional?
Esse programa está disponível no Sourceforge para download. Se encontrarem falhas, frases-problemas, bugs, podem relatá-los no nosso TextoLivre/Wiki (É necessário fazer cadastro).
A Equipe agradece quaisquer sugestões, pois o Texto Livre é um projeto aberto!

Por Stella Almeida Moreira

Posted by admin under: Leitura e Escrita; Sobre Softwares Educativos Livres.

0 

10maio2010

Trabalhando com desenhos e filmes


Duas opções interessantes que podem ser usadas no ensino de línguas são o Go!Animate e o DigitalFilmes.com.
Eles permitem a criação de cenas diversas, dublagem de voz e também a produção escrita em balões.
São mesmo boas ferramentas para atividades no laboratório da escola ou em casa!
Vejam mais informações no blog Lua Internauta.

Posted by admin under: Sobre Softwares Educativos Livres.

0 

10maio2010

PHPWebquest

Uma alternativa para professores que não conhecem nenhum programa de construção de páginas em html ou que desejem facilitar essa tarefa é o PHPWebquest criado pelo espanhol Antonio Temprano e traduzido pelo professor Eziquiel Menta do EscolaBR. O programa tem algumas restrições como quantidade de links para a página de Recursos da WebQuest e poucos formatos que podem ser personalizados pelas cores a serem escolhidas.
Eu mesma criei uma WebQuest lá para testar. Vejam clicando aqui.
Para quem não conhece essa interessante ferramenta de ensino, confira mais informações aqui.

Posted by admin under: Sobre Softwares Educativos Livres.

0 

10maio2010

Conjugador de verbos

Uma dica para a conjugação de verbos (280.000 verbos), especialmente os irregulares é o site:

http://linguistica.insite.com.br/cgi-bin/conjugue

O programa foi criado pelo Grupo de Linguística da Insite, que tem como objetivo pesquisar e desenvolver produtos relacionados com as áreas de Processamento de Linguagem Natural (NLP), bases de dados para organização de conhecimento com sistemas de recuperação de informação e aplicações de Inteligência Artificial.

http://linguistica.insite.com.br/

Posted by admin under: Sobre Softwares Educativos Livres.

0 

10maio2010

Ferramentas on-line sobre a língua portuguesa

Encontrei um blog amigo muito interessante para auxiliar o professor de língua portuguesa e outros falantes dela que se encontrarem em dúvidas sobre alguns usos gramaticais e ortográficos. O site é Links da Língua Portuguesa, organizado por Adriana Silva. Esse merece ser super visitado! Reuni os links que considerei mais importantes do blog e outros que conhecia, esperando facilitar a busca:

Portal da Língua Portuguesa: http://www.portaldalinguaportuguesa.org/
Dicionários on-line: http://www.oquequerdizer.com/, http://www.priberam.pt/DLPO/
Dicionário de Português e tradutor: http://michaelis.uol.com.br/
Sítio das palavras: http://sitiodosmiudos.kids.sapo.pt/gramatica/default.asp
Conjugador de verbos para a língua portuguesa: http://linguistica.insite.com.br/cgi-bin/conjugue
Concordanciador: http://cintil.ul.pt/pt/index.jsp
Dicionários de Sinônimos para a língua portuguesa: http://openthesaurus.caixamagica.pt/, http://www.letrasdispersas.com/sinonimos.aspx,
Descubra o significado de siglas, acrônimos e abreviações: http://www.siglas.com.br/?t=s&s
Verificadores de ortografia segundo o novo acordo: http://www.umportugues.com/, http://www.ortografa.com.br/, http://www.portuguesexacto.pt/
Tira Dúvidas Linguísticas: http://www.flip.pt/D%C3%BAvidasLingu%C3%ADsticas/tabid/324/Default.aspx
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa: http://ciberduvidas.sapo.pt/index.php
Manual de Redação e Estido do Estado de S. Paulo: http://www1.folha.uol.com.br/folha/circulo/manual_texto_introducao.htm

Posted by admin under: Sobre Softwares Educativos Livres.

0 

10maio2010

É divertido educar!

O Pandorga GNU/Linux é uma distribuição voltada exclusivamente para o ambiente escolar fundamental brasileiro, em especial de escolas públicas para o ensino fundamental e conta com mais de 120 atividades direcionadas às crianças.

O programa é dividido em três ambientes de trabalho, um dedicado aos professores e
administradores e outros dois aos alunos das séries iniciais (1ª à 4ª) e finais (5ª à 8ª).

Inúmeros jogos são disponibilizados nesse programa, entre eles o GCompris (conjunto de aplicativos para diversas disciplinas) e o TuxPaint (editor de imagens).

Foi publicado um manual muito útil para quem deseja conhecer e aplicar o projeto em suas aulas.

Essa é mais uma das iniciativas ligadas ao Software Livre Educacional que coordena diversas iniciativas no contexto educacional.

Posted by admin under: Sobre Softwares Educativos Livres.

0 

Browse

Calendar

julho 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Categories

Links